2

Criando VPS com CentOS 7 no VMware

 

O CentOS Linux é uma versão do Linux voltada ao uso corporativo, dentro de empresas, órgãos públicos ou ONGs. Ele pode ser usado em qualquer computador conectado à rede, mas é conhecido principalmente por ser uma boa opção de sistema operacional para o próprio servidor. Isso acontece porque algumas de suas características são a robustez e a estabilidade. O CentOS tem alguns concorrentes ou melhor alternativas. Neste artigo, você vai saber quais são estas alternativas, e as vantagens que o CentOS apresenta em relação a eles.

Alternativa #01: O Red Hat Enterprise Linux

Um sistema operacional corporativo produzido pela Red Hat, Inc. Atualmente, a versão distribuída é o Red Hat Enterprise Linux. Vale a pena mencionar que o CentOS se baseia no código fonte do Red Hat, o que significa que os dois possuem funcionalidades muito parecidas.

A diferença principal entre eles reside no fato de que o Red Hat é um produto com licença paga e, portanto, oferece um nível diferente de suporte individualizado. Enquanto isso, o CentOS possui distribuição gratuita e todo o suporte é feito através de comunidades de usuários online.

Alternativa #02: O Fedora Linux

O Fedora, assim como o CentOS, é um sistema operacional de distribuição gratuita. Ele foi (e é) desenvolvido por uma comunidade de desenvolvedores trabalhando sob o Projeto Fedora. O modo como este trabalho é realizado é interessante. A cada seis meses, em média, uma nova versão é lançada; e, um mês após o lançamento, a versão anterior já não é mais funcional.

Por um lado, esse é um aspecto positivo, pois significa que o Fedora está sempre à frente, trazendo novidades e recursos adicionais. Por outro lado, faz com que ele se torne uma opção impossível de implementar para quase todas as empresas, pois não é viável mudar o sistema operacional dos servidores com uma frequência tão alta.

É interessante comentar que a empresa Red Hat, Inc. está por trás do desenvolvimento destas três versões, de alguma forma. Ela patrocina a comunidade de desenvolvimento do Fedora, e disponibiliza o código fonte usado para o desenvolvimento do CentOS. Essa conexão faz com que os três sistemas operacionais avancem juntos – com o Fedora abrindo caminho, através das suas atualizações rápidas.

Considerando, portanto, que em termos de funcionalidade os três possuem uma qualidade equiparável, precisamos considerar outros aspectos na hora de escolher qual deles será adotado para os servidores da nossa empresa.

Clique aqui para consultar nossos planos VPS

Vantagens do CentOS

Já ficou razoavelmente claro, mas vamos retomar mesmo assim. Existem quatro vantagens sólidas em utilizar o CentOS, ao invés de seus concorrentes.

  • Em primeiro lugar, o CentOS é gratuito. Ele irá representar uma considerável economia em licenças, quando comparado ao Red Hat. E, embora não ofereça suporte individualizado aos usuários, há uma comunidade dinâmica e ativa em todo o mundo, que sua equipe de TI pode consultar caso haja dúvidas ou dificuldades.
  • Em segundo lugar, como os códigos fonte do CentOS e do Red Hat são similares, a compatibilidade entre eles é muito boa. Isso significa que, se você estiver usando o CentOS, é possível adotar aplicações e extensões desenvolvidas para o Red Hat. Além disso, a migração entre eles (caso você decida mudar de sistema operacional em algum momento) é mais fácil.
  • Em terceiro lugar, comparado ao Fedora, o CentOS é bem mais fácil de implementar. Para um servidor, especificamente, tecnologia de ponta não é tão importante quanto praticidade. O CentOS não exige atualizações constantes (sem mencionar os ajustes que toda atualização exige). Desta forma, ele permite uma simplificação que irá resultar em economia de tempo para a equipe de TI. E tempo, como sabemos, é dinheiro.
  • Em quarto lugar, mesmo sendo gratuito, o CentOS é um sistema operacional corporativo sólido. Aliás, ele tem feito bons progressos em melhorar a experiência do uso da Área de Trabalho, tornando mais provável que seja utilizado em máquinas clientes, e não apenas nos servidores.

Aprenda como Criar um VPS com o CentOS no VMware em minutos no vídeo abaixo:

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *