0

Fim da vida de suporte do Windows 7 está próxima?

O Windows 7 chegará ao fim de vida, em termos da Microsoft, em janeiro de 2020. Com a data já próxima, a Microsoft deseja aproveitar essa oportunidade para convencer os utilizadores a atualizar para o Windows 10 antes que as últimas atualizações sejam enviadas.

Durante o próximo ano, a Microsoft irá aumentar a pressão sobre os utilizadores para que o Windows 10 seja definitivamente o sistema operativo de toda a atenção.

2020: o ano do fim do suporte para Windows 7

A empresa recentemente instruiu os seus parceiros para encorajar os clientes do Windows 7 a atualizar para o Windows 10 em antecipação ao prazo de fim de vida, para, de forma mais “ofensiva”, tentar ganhar ritmo para o início de 2019.

Um relatório do ChannelEye revela que a Microsoft quer que os parceiros se consciencializem de que o Windows 7 está a chegar ao fim, e com uma campanha agressiva até o final do ano, o número de clientes atualizados para o Windows 10 deve aumentar substancialmente.

O fim do suporte está a chegar em 2020 e é hora de mudar para o 10.

Qual a razão do fim do suporte ser tão importante para nós? Porque é uma grande oportunidade para levar a modernidade a todos os clientes do mundo. É uma oportunidade estimada em 100 mil milhões de dólares quando reunir todos os serviços de parceiros, Office e oportunidade de solução ao longo de três anos.

Referiu de forma firme Louisa Gauthier, líder de produtos e marketing da Microsoft.

 

Windows 7 continua sendo a melhor escolha na área de trabalho?

Esta ação da gigante do software tem tudo de pertinente pois o Windows 7 é atualmente o sistema operativo desktop número um do mundo e, a menos que a Microsoft consiga convencer os utilizadores a atualizar nos próximos 18 meses, o sistema pode tornar-se o segundo Windows XP.

A Microsoft insiste com os parceiros que o fim do suporte ao Windows 7 deve chegar no início de 2020 e essa data pode igualmente ser argumento e oportunidade para impulsionar as vendas, especialmente porque muitos clientes podem necessitar de atualizações de hardware para dispositivos modernos.

Se o seu PC e software tiverem mais de quatro anos, é hora de mudar para um novo dispositivo Windows 10. Os dispositivos modernos do Windows são mais baratos de gerir e mais rápidos.

Concluiu Gauthier.

De acordo com dados de terceiros, o Windows 7 é a principal escolha na área de trabalho, com uma participação de 43%, enquanto o Windows 10 é o segundo colocado, com aproximadamente 34% de participação.

Sem dúvida que esta pressão faz sentido, contudo, os utilizadores confiam nas capacidades do Windows 7 e têm uma década de adaptação pessoal e estrutural a um sistema fiável e maduro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *